Caixa FIES

Caixa FIES

Para quem não sabe o Enem foi reestruturado e isso fez com que novas diretrizes ampliassem as possibilidades para aquele estudante que sai do ensino médio com a intenção de logo entrar em uma faculdade. Veja aqui Caixa FIES.

O governo federal, no entanto, oferece alguns programas que auxiliam a inserção desse aluno aos estudos contínuos, é o caso do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) que utiliza as notas do Enem como forma de seleção parcial ou integral.

Caixa FIES

Se o aluno não consegue nota suficiente no SISU, ele pode recorrer a duas formas paralelas aos vestibulares tradicionais: o Prouni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) – também conhecido como Fies Caixa.
Vamos, agora, entender especificamente a diferença entre Prouni e Fies Caixa.

O Prouni tem por objetivo auxiliar estudantes de baixa renda, com bolsas de estudo integrais ou parciais a conseguirem entrar em uma universidade.

Se você é um vestibulando e fez o Enem, você pode e deve contar com o Prouni, pois sua seleção considera, como base, a pontuação obtida pelo Enem.

Essa pontuação, no entanto, precisa ser mais de 450 pontos na prova, e o resultado da redação não pode ser zero.

Para participar do Prouni é preciso ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em uma instituição de ensino particular como bolsista;

Boleto FIES caixa

Boleto FIES caixa

Agora que falamos um pouco sobre o Prouni, chegou o momento de sabermos como funciona o
O Fies Caixa é um programa que financia a graduação na educação superior de estudantes que já estão matriculados em instituições particulares.

Saiba tudo sobre Boleto FIES clicando aqui

Segunda via FIES

Por ser um financiamento, todo aquele que recorre ao Fies Caixa, precisa estar em dia com o Boleto Fies e, para se inscrever é preciso que o estudante esteja matriculado em cursos superiores que tenham avaliação positiva nas avaliações do MEC. Preenchendo esse requisito exigido pelo Fies Caixa é só se candidatar e solicitar o Boleto Fies on line, através do site: http://www3.caixa.gov.br/fies/asp/boleto/boletoonline2.asp

Há três anos o Caixa FIES vem operando em fluxo contínuo e isto significa que a solicitação de financiamento por parte do estudante, pode ser em qualquer período do ano.
As inscrições podem ser feitas pelo sistema informatizado do Fies Caixa. Deste modo, com seus dados em mãos, você poderá ter acesso ao Boleto Fies Online sempre que precisar. Todavia, para emitir a 2ª via do Boleto Fies não é necessário informar usuário ou senha.

Caixa econômica FIES

É indispensável ressaltar que no site do Caixa FIES você pode ficar sabendo os detalhes sobre os três períodos que o estudante passa, até quitar o seu financiamento.
Assim, segue abaixo a citação que fizemos desses três períodos:

– Fase de utilização: O estudante pagará, a cada três meses, o valor máximo de R$ 50, referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento do Fies Caixa.
– Fase de carência: Após a conclusão do curso, o estudante terá 18 meses de carência para recompor seu orçamento.
– Fase de amortização: Encerrado o período de carência, o saldo devedor do estudante será parcelado em até três vezes o período financiado do curso, acrescido de 12 meses.

Os detalhes desses três períodos podem ser conferidos no próprio site do Fies Caixa: http://www.fiesnacaixa.com.br

No site você também pode se informar melhor sobre o Boleto Fies e a parceria entre Fies Caixa e Prouni, lembrando que para o estudante que tem apenas uma bolsa parcial, ou seja, 50% da mensalidade no Prouni, o mesmo poderá custear a outra parte por meio do Fies Caixa sem precisar contar com fiador para poder ser aprovado no programa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *