Feirão Caixa

Feirão caixa

O Feirão Caixa é uma grande oportunidade para quem deseja sair do aluguel e adquirir o imóvel dos seus sonhos.

feirão caixa

Em 2013, o evento promovido pela Caixa Econômica Federal e que proporciona a aquisição de imóveis, chegou a sua 9ª edição. As linhas de crédito habitacional para participar do Feirão são disponibilizadas para qualquer família de qualquer classe social e em qualquer parte do Brasil, inclusive para famílias de baixa renda, que são aquelas que têm renda entre 0 e 3 salários mínimos, incorporando o Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.

Para realizar qualquer negócio dentro do Feirão Caixa da Casa Própria é necessário apresentar os seguintes documentos: RG – Carteira de Identidade; CPF – Cadastro de Pessoas Físicas; Comprovante de residência (Contas de Água, Luz ou Telefone) e último Comprovante de Renda.

Leilões da Caixa

Além de disponibilizar financiamentos para a aquisição de imóveis, a Caixa Econômica Federal também realiza Feirão Caixa de imóveis todos os anos. Assim, ela cria mais uma oportunidade para os trabalhadores adquirirem a sua casa própria. Para conferir os imóveis em leilão e participar da compra, a Caixa exige que o interessado preencha alguns requisitos, como, por exemplo, ter o nome limpo na praça. É preciso ainda que o interessado tenha dinheiro disponível para investir no Feirão Caixa Econômica.

Os imóveis da Caixa que vão à leilão estão disponíveis em todo o Brasil, por isso você pode encontrar os imóveis à venda – casas, apartamentos – no site da Caixa, que é atualizado diariamente, e fazer a pesquisa no Estado de seu interesse. Ao consultar a lista dos imóveis você encontrará informações como endereço do imóvel, metragem, valor, e se o imóvel ainda está ocupado ou já está sem morador. Os imóveis que vão a leilão foram retomados judicialmente pela Caixa, já que os mutuários não pagaram as prestações e, por isso, perderam o imóvel.

leilão caixa

Imoveis caixa

Quem deseja adquirir um imóvel no Feirão Caixa deve saber que há dois tipos de modalidade de venda: os realizados através de concorrência pública ou por meio de venda direta. No caso da concorrência pública, ou leilões, como é mais conhecido, os interessados dão o lance pelo imóvel e aquele que apresentar a maior oferta, ganha. Já na modalidade venda direta, os valores são inferiores àqueles praticados pelo mercado imobiliário, e o valor já corresponde ao preço final do imóvel. Por meio da venda direta, a primeira pessoa que entregar a proposta com o valor estipulado pela Caixa Econômica Federal ganha o direito de comprar e financiar o imóvel.

Os interessados em participar do Feirão Caixa de imóveis devem levar em conta que terão alguns gastos durante todo o processo, como, por exemplo, fazer um depósito em cheque caução no valor de 5% do valor do imóvel. O dinheiro poderá ser utilizado para custear algumas despesas como registro e escritura do imóvel. Outra despesa que pode pesar no bolso diz respeito a uma eventual ação judicial para a desocupação do imóvel, caso o inquilino ou o mutuário não queira deixar o imóvel após a venda do mesmo. Essa despesa já será por conta do comprador da casa ou do apartamento.

Antes, porém, de participar do leilão, é recomendável você vistoriar o imóvel, ou seja, fazer uma análise detalhada da situação da casa ou apartamento para não se arrepender depois da compra, já que após a aquisição do imóvel, não é permitida devolução. Observe, principalmente, os encanamentos e as instalações elétricas. No caso dos leilões promovidos pela Caixa, o banco se responsabiliza pelos débitos anteriores existentes, no entanto, é melhor se certificar antes se há ou não dívidas a serem pagas. Depois, a responsabilidade pelo pagamento das contas é de quem adquiriu o imóvel, mesmo que o novo dono ainda não esteja morando no local.

No caso de o imóvel desejado ser um apartamento, vá até o local e faça perguntas sobre as taxas de condomínio, sobre a manutenção do prédio, enfim, se informe mais sobre o lugar onde pretende morar. Afinal de contas, é importante saber a localização do imóvel que se pretende adquirir. Procure se informar também se há algum outro apartamento à venda, assim, você poderá comparar o valor do imóvel com o valor que está sendo ofertado pela Caixa. E se houver algum apartamento à venda, não hesite em fazer uma visita, assim você terá condições de ver o real tamanho do imóvel e a disposição dos cômodos.

Se você for participar de um leilão de casas, lembre-se de procurar outros imóveis no mesmo bairro de seu interesse, e se possível, na mesma rua. Assim, você também terá condições de fazer uma comparação de preços.

Uma dica importante no leilão da Caixa é levar um talão de cheques no dia da realização do leilão, pois é exigido um sinal ou caução como garantia de compra do imóvel. E lembre-se que as propostas de compra devem ser apresentadas em um envelope lacrado, e que quem oferecer o melhor lance, leva o imóvel.

leilão joias caixa

Leilão de Jóias da Caixa

Além de promover o leilão de imóveis, a Caixa Econômica Federal realiza também leilões de joias. Os leilões são periódicos e acontecem em diversas regiões do país. Os lotes compostos por joias, relógios e metais nobres são colocados à venda após os contratos de penhor terem vencido há mais de 30 dias e não terem sido resgatados pelos clientes. Porém, se os contratos de penhor forem regularizados antes do leilão, eles são retirados do pregão. Segundo a Caixa, a regularização dos contratos pode ser feita em qualquer agência da instituição até o dia em que ocorre o leilão.

Podem participar do leilão de jóias da Caixa pessoas físicas e jurídicas, basta que o interessado faça o seu cadastramento em uma agência da Caixa. No local, é preciso apresentar o original e a cópia do documento de identidade, CPF e comprovante de residência. A consulta ao lote de joias pode ser feito no site da Caixa Econômica Federal. Lá, você vai encontrar na opção download – venda de joias -, o caminho para conferir as joias que irão a leilão, incluindo o edital e o catálogo com os contratos relacionados. Os lances podem ser feitos nos equipamentos disponíveis nas salas de autoatendimento das agências da Caixa, mediante a utilização da senha que é fornecida durante o processo de cadastramento. Os lotes serão sempre vendidos pelo maior lance.

Outra forma de conhecer as joias que serão leiloadas é comparecer à agência da Caixa onde os lotes ficam expostos durante alguns dias. O resultado do leilão de joias sai no dia seguinte ao último dia do leilão, normalmente são dois dias de venda, com divulgação na agência onde foi realizada a venda e no site da Caixa. Após a divulgação dos vencedores, o pagamento – que pode ser integral ou parcial -, deve ser efetuado no dia seguinte. Se for dado um sinal pelo lote comprado, este deverá ser de 20% sobre o valor ofertado. De acordo com o edital, as joias só podem ser retiradas após o pagamento integral.

No Rio de Janeiro, é comum o leilão de joias ser realizado no edifício-sede da Caixa, situado à Avenida Rio Branco, 174, 3º andar. O leilão no RJ reúne contratos penhorados e vencidos cadastrados em diversas agências localizadas em bairros do Rio de Janeiro e em outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *