Corsan 2 Via Segunda

Corsan

A Corsan é uma empresa fundada no ano de 1966, que é situada no Rio Grande do Sul e abastece mais de 320 municípios Gaúchos. A contratação dos serviços de saneamento é algo comum para grande parte dos brasileiros, sendo que os mesmos usufruem dos itens que são pagos pelos mesmos mensalmente, fazendo com que o uso seja contínuo, tal como as vantagens que são oferecidas pelo mesmo.

corsan

Com estes serviços, quando há o descumprimento do pagamento que deve ser realizado da conta ou fatura, o mesmo é automaticamente cortado e há cobranças por iniciativa da empresa que necessita receber o valor indicado referente ao mês em que determinado indivíduo utilizou os serviços.

A tecnologia, além de fonte de informações, conteúdos, notícias e entretenimento, também é um valioso meio para oferecer diversos serviços necessários e úteis para o usuário, fazendo com que sua vida fique prática e fácil, até mesmo para as coisas mais simples, tais como emitir a segunda via de sua conta para o pagamento correto da mesma.

Este serviço online de emissão de uma cópia do boleto é muito útil para todas aquelas pessoas que recebem suas contas por correio e acabam perdendo as mesmas ou até danificando-as, fazendo com que o pagamento das mesmas seja impossível e devendo requisitar um novo boleto para quitar suas dívidas corretamente

Mas como todas nossas contas atuais, o boleto pode ser facilmente perdido, vamos abaixo lhe ensinar como emitir Corsan 2 via da sua fatura.

Corsan 2 via segunda

Diversas empresas que oferecem os mais diferentes serviços já disponibilizam este tipo de facilidade em seus sites oficiais, fazendo com que todos os contratantes possam inserir alguns dados pessoais para identificar qual fatura esta destinada a este indivíduo, normalmente devendo incluir nos campos solicitados o CPF e uma imagem de confirmação ou até mesmo o número do boleto, caso possuir em mãos, fazendo com que o acesso seja rápido e fácil.

A página aparecerá com o seu boleto para que seja possível imprimi-lo em sua própria impressora, fazendo com que a requisição da segunda via da conta possa ser gerada rapidamente e paga da mesma forma, cumprindo os prazos de validade estabelecidos.

O que acontece com suas faturas da Corsan em Aberto ?

É importante atentar-se que nem todas as empresas já oferecem este tipo de facilidade para a solicitação da segunda via pela internet, devendo acessar o site e, em caso de dúvidas, contatar a central de atendimento.

Todos os meses diversas contas são recebidas por diversos indivíduos contratantes de serviços, sendo que a mesma, normalmente, é enviada por correio e acaba chegando às mãos de cada solicitante em sua própria residência, fazendo com que pagá-la seja necessário para que seja possível continuar usufruindo dos benefícios que foram comprados, havendo o direito de usá-lo mediante ao pagamento, podendo até mesmo sofrer processos pela empresa ou ter suas vantagens definitivamente cortadas e que somente são liberadas após a quitação de suas dívidas.

Assim como praticamente toda conta é recebida por correio, diversos indivíduos que as recebem acabam perdendo as mesmas ou até mesmo danificando o boleto, ficando impedidas de pagar os mesmos devidamente e, para quitar as dívidas, sendo necessária uma segunda via da conta em questão para que o pagamento possa ser confirmado e para que os benefícios contratados continuem em perfeito funcionamento.

Como muitas pessoas, assim como dito, perder ou danificam o boleto, é possível solicitar uma segunda via da conta pela empresa, sendo que, para receber novamente a sua fatura é necessário contatar a empresa, preferencialmente pelo atendimento telefônico, assim você poderá explicar ocorrido para o atendente em questão e solicitar que seja enviada uma nova cópia da conta.

O atendente poderá lhe explicar e até mesmo lhe oferecer as mais diversas opções para que você resgate seu novo boleto, sendo que a mais comum é que a empresa reenvie outra cópia para sua própria residência.

Clique aqui para conferir como emitir a 2 via Embasa

Caso a conta já estiver perto de seu prazo de validade e você necessitar de uma segunda via, será necessário conversar com o atendente a respeito dos recursos que serão utilizados neste caso, podendo até propor ao funcionário para contatar seu superior, assim você poderá explicar-lhe sobre o ocorrido e até mesmo visualizar uma possibilidade de que os mesmos lhe estendam o prazo para o pagamento.

Com isso poderá tranquilamente quitar suas dívidas e não ficar com nenhuma conta pendente para ser paga, fazendo com que sua situação financeira fique completamente agradável e dentro do prazo de datas que lhe é estipulado.

Como Emitir a sua Segunda via da Fatura Corsan

Para conseguir realizar a emissão da sua 2 via da conta, basta entrar nesse site aqui , vai abrir a página oficial, vai baixando e logo em seguinda vai aparecer o botão “Segunda via da Conta” clique nele, igual a foto abaixo.
corsan 2 via

Vai abrir uma página com duas opções, você terá que escolher se o cadastro foi feito no CPF ou CNPJ da empresa, escolha e clique em cima do desejado.

segunda via corsan CPF

 

Por último basta preencher código do imóvel e seu CPF ou CNPJ, fazer o captcha e clicar em “Confirmar”. Prontinho você vai estar com a sua guia para pagamento em qualquer lotérica ou banco.

extrato fatura corsan
No site da Corsan também tem outros serviços muito úteis como “certidão negativa de débitos”, “parcelamento de solo”, “interrupção de abastecimento”, para conseguir estes serviços, você poderá escolher na pagina inicial do site (mencionada anteriormente). Lembrando que sempre esteja com sua conta em mãos com o código do imóvel.

Débito em conta da sua Fatura Corsan

Uma facilidade para evitar cortes no seu abastecimento devido a não pagamento ou esquecimento da fatura, é colocar sua conta em débito automático junto ao seu banco. Para fazer isso é muito fácil. Basta levar seu boleto na sua instituição para fazer o cadastro do débito em conta.

Lembramos que alguns bancos não oferecem esse tipo de cadastramento com as contas Corsan, por isso é bom informar se existe a possibilidade desse serviço junto a seu banco.

Título de Eleitor

Título de Eleitor

O Título de Eleitor é o documento que permite ao cidadão brasileiro participar no processo eleitoral e eleger seus representantes no governo. Além das eleições, o Título de Eleitor é exigido em muitos casos como: tomar posse em cargos públicos, emitir passaporte ou renová-lo, tirar CPF (se maior de 18 anos), e efetuar matrícula em colégios ou faculdades.

Título de Eleitor

O Título Net foi criado para facilitar o processo de emissão do Título de Eleitor. O cidadão inicia o requerimento, pela internet, de serviços como alistamento, transferência ou revisão de dados cadastrais.

Como tirar o título de eleitor pela internet?

O cidadão deve fazer um pré-cadastro pela internet, com seus dados pessoais e informar onde é seu domicílio eleitoral de preferência. Após o cadastramento, o sistema emite um número de protocolo, que deve ser apresentado no Cartório Eleitoral da sua comarca de votação para fazer a retirada do Título de Eleitor em até 5 dias. Após esse prazo, o processo é cancelado automaticamente pelo sistema.

Alguns cartórios eleitorais podem exigir agendamento prévio para o atendimento presencial. Por isso, verifique se o seu Cartório Eleitoral faz essa exigência.

Se houver multas eleitorais a serem pagas, o sistema emitirá as guias para recolhimento do valor na rede bancária. A pessoa deve apresentar o comprovante no Cartório Eleitoral no momento da retirada do documento. Se a pendência não puder ser quitada por meio de multa, o sistema não pode ser utilizado, devendo o eleitor comparecer no Cartório Eleitoral com a documentação necessária para a regularização.

Para os casos de alteração do nome no Título de Eleitor, como casamentos, divórcios ou mudanças de nome, o procedimento online também é válido e encerrado no Cartório Eleitoral onde o documento será entregue.

tirar titulo de eleitor

Documentos necessários para tirar título de eleitor

Caso você tenha feito o pré-cadastro na internet para tirar o documento, alguns documentos devem ser apresentados no Cartório Eleitoral para a comprovação dos dados. Saiba quais são:

  • Documento de identificação civil – RG, Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento;
  • Para homens, comprovante de quitação do Serviço Militar – Obrigatória a apresentação a partir de 30 de Junho do ano em que completar 18 anos – Comprovante de residência.

 

agendar titulo de eleitor

Como tirar a segunda via

Para tirar a 2ª via do título de eleitor, basta se dirigir ao Cartório Eleitoral de seu município, com os documentos mencionados acima e mais: Comprovante de multa eleitoral paga (se necessário).

A 2 via do Título de eleitor é gratuita, desde que o eleitor esteja em dia com a obrigação eleitoral, ou seja, tenha votado nas eleições ou justificado a ausência.

A emissão de 2ª via do Título de eleitor por motivo de perda, extravio, furto, roubo ou dano ao documento deverá ser feita diretamente no Cartório Eleitoral da comarca em que o eleitor vota.

Passo a passo: como solicitar o Título NET

Acesse o sistema Título Net pelo link: http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/pre-atendimento-eleitoral-titulo-net/titulo-net
Preencha o formulário de identificação. No primeiro campo “Título de Eleitor” escolha a opção “Não tenho”.
Esta opção deverá ser selecionada caso você não tenha o Título de Eleitor. As outras opções são destinadas para alteração de dados cadastrais ou mudança de domicílio eleitoral.

como tirar título net

Em seguida, preencha o formulário com os dados do interessado com nome completo e sem abreviações, data de nascimento, nome dos pais completo e sem abreviações. Selecionar “Não consta/Em branco” caso sejam desconhecidos. Em seguida digitar os caracteres de segurança, conferir se os dados estão corretos e clicar em “Confirmar”. Preencher o formulário “Dados Pessoais”. Nesta etapa será necessário informar os dados pessoais do interessado.

Preencher o formulário com um dos seguintes documentos de identificação: RG, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional (OAB, CRM, CRP, CRECI, etc), Certidão de Nascimento ou de Casamento, CPF (não é obrigatório), Estado Civil, Sexo, Estado e Município de nascimento, Grau de escolaridade, Ocupação principal, Possui irmão (ã) gêmeo (a)? Portador de necessidades especiais? Deseja ser mesário voluntário?

Após confirmar os dados informados, clicar em “Próximo”. Preencher o formulário com o endereço do interessado.
Informar o tempo em que reside no município acima informado. Telefone: opcional – não é obrigatório. Após conferir os dados informados, clique em “Próximo”.

Veja como emitir seu Visto

Escolha do local de votação.

É nesta etapa que será escolhido o local em que o interessado irá votar, caso existam vagas disponíveis. Caso não tenha vagas disponíveis, você será informado no momento em que comparecer ao Cartório Eleitoral para finalizar o cadastro e receber o Título de Eleitor.

Escolha o local de sua preferência e clique no botão à esquerda do nome do local. Em seguida clique em “Próximo” e vá para a próxima etapa.

Escolha do local de atendimento.

Aqui o eleitor escolhe o local onde pretende finalizar o processo para tirar o Título de Eleitor. Selecione no botão circular ao lado no nome do Cartório Eleitoral de sua preferência e clique em “Próximo”.

Confirmação dos dados.

Confira se os todos os dados informados estão corretos e clique em “Confirmar”.

Conclusão e impressão do requerimento.

O sistema vai gerar o número de protocolo e o pré-cadastro na Justiça Eleitoral está concluído. Clique no botão no rodapé da página para imprimi-lo.

Apresentação no Cartório Eleitoral escolhido no pré-cadastro.

O solicitante deve se apresentar no local de atendimento escolhido (Cartório Eleitoral) e levar o documento impresso com o número do protocolo e também os documentos necessários para a confirmação dos dados cadastrais.

Como fazer o Agendamento

Abaixo vamos observar um vídeo de como fazer o agendamento do seu título online, o passo a passo é bem simples.

CComo saber o título pelo CPF?

Existem duas maneiras de você saber seu número do título de eleitor pelo CPF, a primeira delas é ir na justiça eleitoral de sua cidade e levar sua identidade e pedir para um atendente. A outra possibilidade é de maneira online – entre no site  , escolha a opção “Tenho Mas não sei o número” – conforme imagem abaixo.

como saber o título de eleitor pelo CPF

Preencha todos os dados solicitados e você irá para a próxima janela. Nela você terá que preencher todos seus dados – CPF, RG, Estado De Nascimento, Ocupação, se possuí irmãos gêmeos, e mais outras informações para completar a atualização cadastral.

Depois que concluir você verá seu número na tela e poderá imprimir para guardar.

Segunda Via Oi

OI

A empresa de telefonia Oi está presente na vida dos brasileiros desde o ano de 2002, com cerca de 60 milhões de clientes, a sua rede já cobre a maioria dos municípios em todos os estados brasileiros, e possibilita que centenas de milhares de pessoas tenham acesso aos seus serviços. Com objetivo de agradar os seus clientes, a Oi, disponibiliza diversos produtos e pacotes para melhorar a sua experiência dentro da empresa.

empresa oi

A Oi ficou tão conhecida, pois foi a primeira operadora a vender aparelhos completamente desbloqueados, e ofereceram uma tecnologia GSM aos seus clientes.

Passou a oferecer uma gama de serviços de internet de alta velocidade, com panos e pacotes muito bem bolados a fim de conquistar melhor o público.

Desde então a sua rede vem crescendo cada vez mais e atendendo um número cada vez maior de clientes.

Uma das suas melhorias foi à criação da plataforma virtual onde você consegue acessar diversos serviços que o portal na internet oferece principalmente como tirar uma 2ª via de fatura, operação que ficou bem mais simples de consultar, podendo ser feito de qualquer lugar, basta apenas ter acesso a internet e imprimir sempre que quiser.

Oferecendo aos seus usuários muitos serviços de fácil acesso através da internet, operações que você realiza no conforto da sua casa de forma simples, rápida e segura. Um dos serviços mais solicitados no portal é o de consulta a 2ª via da sua conta, ou ainda emitir sua fatura online.

Como Fazer o Cadastro na Minha Oi

A Minha Oi é o local na qual onde o usuário pode ter acesso a todas as sua informações da sua conta, inclusive para emitir a 2ª via Oi Conta, portanto, é imprescindível que o usuário crie um cadastro com senha para poder ter acesso a estas informações e consiga visualizar todos os serviços que a operado disponibiliza para o seus usuários. Para entrar direto no canal acesse:

https://login.oi.com.br/nidp/idff/sso?id=sso&sid=5&option=credential&sid=5

Para acessar as suas informações, é preciso estar cadastrado no site da Oi, para conseguir fazer o login e acessar os serviços necessários que você deseja. Os dados que você irá precisar são:

  • CPF ou CNPJ
  • Nome Completo
  • Email válido

Depois de realizar o cadastro o usuário passa a ter acesso a uma página com várias opções de serviços, inclusive a emissão de segunda via da sua fatura Oi.

Você deve escolher a opção desejada clicar e logo o boleto será visualizado na tela do seu computador. Depois é só imprimir e efetuar o pagamento normalmente.

segunda via fatura oi

Como baixar a fatura da Oi?

A empresa também oferece o serviço de consulta e efetuar também a baixa da sua fatura através da internet. Na rede é disponibilizado para que o usuário acesse uma página onde é possível consultar as faturas atuais e anteriores. Pelo site todas as faturas podem ser consultadas, tanto a 2ª via Oi TV, Oi Fixo, Oi Internet, entre outros.

Para acessar clique no link: Clique aqui

Assim que a página se abrir digite os seus dados, nome de usuário ou CPF e senha, e terá acesso a todas as faturas que desejar saber.

 

oi segunda via

Como pagar uma conta atrasada da Oi?

Se por algum motivo a sua conta ficou atrasada, faça o procedimento mencionado acima para atualizar ou emitir a Segunda via. Logo após, você pode efetuar o pagamento em qualquer lotérica, caixa de auto atendimento ou internet banking.

Como imprimir minha conta?

Esse é o local onde o usuário pode acessar as informações de sua conta no geral, emitir, imprimir e consultar tudo o que precisar. Basta ter o cadastro já feito e assim visualizar tudo o que a empresa disponibiliza para os seus usuários através desse portal online.

Para entrar no Minha Oi acesse o link: https://login.oi.com.br/nidp/idff/sso?id=sso&sid=5&option=credential&sid=5

2 via oi

Como imprimir a 2 via da sua fatura Oi Fixo?

O Boleto Simplificado permite que o usuário tenha acesso a sua conta oi fixo sem o cadastro. Para imprimir a 2ª via Oi Fixo o usuário deve acessar: https://www.oi.com.br/minha-oi/codigo-de-barras/

Esta opção é extremamente simples, pois o usuário não possui a necessidade de digitar o DDD, nº do telefone e CPF do titular. No entanto, em algumas opções é possível que o DDD conste como inválido, sendo assim, é preciso optar pelas outras opções abaixo para fazer a emissão da 2ª via  da sua conta Oi Fixo.

Veja como emitir a Segunda via da Vivo

Segunda Via Oi TV

Para emitir a 2ª via da sua conta Oi TV, tenha em mãos seu CPF (ou CNPJ, no caso de Pessoa Jurídica) e o número do contrato do seu plano, que pode ser encontrado na fatura anterior. Caso você não encontre nenhuma fatura ou essa seja a primeira vez que você está pagando, pode encontrar o número no documento que assinou para contratar esse plano da Oi ou mesmo ligando para 10631.

Com as informações em mãos, acesse o site http://www.oi.com.br/oi/oi-pra-voce/atendimento/atendimento-online/oi-tv/2-via-de-conta para solicitar a emissão da 2ª via da Conta Oi TV. Escolha o Estado que você reside, digite o número do seu contrato Oi TV, o CPF (ou CNPJ) do titular e clique em “Buscar”.

Agora selecione mês / ano que deseja solicitar a segunda via da conta Oi TV. O boleto será aberto em uma nova janela para então imprimir, lembrando que, caso a página não abra, observe se o seu navegador não a está programado para bloquear pop-ups.

Como falar com atendente da Oi?

Os usuários que tiverem dificuldade em visualizar a conta pode entrar em contato com a Oi por meio do telefone 106 31, lembrando que sua conta irá ficar disponível para visualização 5 dias antes da sua data de vencimento.

Caso não seja possível solicitar a 2ª via através da internet, o cliente pode ligar também para o telefone se for para saber sobre o Provedor o número é 4002 – 3131 para capitais e 0800 283 0649 para outras regiões. Outro telefone é o 0800 285 3110 para clientes; 0800 286 0311 e solicitar para a atendente a emissão desta segunda via ou que a mesma seja enviada para um e-mail cadastrado.

Consulta Seguro Desemprego

O Seguro Desemprego é um importante benefício para os trabalhadores brasileiros, estando em vigor desde 1990 e sendo direcionado para a iniciativa privada. Cada profissional, demitido, que esteja dentro dos padrões pré-estabelecidos, poderá estar recebendo de três a cinco parcelas, para que assim consiga atravessar mais tranquilamente a fase de desemprego e tenha orçamento para o período em que busca outra oportunidade empregatícia.

seguro desemprego

Quem tem direito ao seguro desemprego?

Todos os trabalhadores que tenham seu contrato rescindido sem justa causa na iniciativa privada tem o direito de receberem o Seguro Desemprego, que é um auxílio disponibilizado pelo Governo Federal.

Trata-se de algo muito importante, pois quando desempregados, muitos trabalhadores ficam sem ter como ajudar na renda de sua família, algo que pode gerar dívidas, que consequentemente são aumentadas pelos altos juros que o mercado trabalha, ou seja, além de estarem desempregados, tem a possibilidade de ficarem mais endividados.

Com a ajuda do Governo Federal também é possível manter um padrão de vida razoável, obviamente ajustado, tendo em vista que o valor do Seguro Desemprego é inferior ao recebido mensalmente como salário, porém a diferença não é gritante, sendo algo próximo e que serve como subsídio para um período de três a cinco meses, em que fica como responsabilidade para o trabalhador a busca por um novo emprego.

Caso não consiga outro emprego, não será renovado o Seguro Desemprego, tendo em vista que só pode ser solicitado uma vez a cada período de trabalho.

O que é?

O Seguro Desemprego foi sancionado em 1990, fazendo parte dos primeiros programas sociais da redemocratização brasileira. Faz parte de um seleto grupo de benefícios sociais que foram instituídos logo após a redemocratização, iniciada em 1985, sendo que sua fase inicial era muito diferente do que foi até agora.

Em mais de 20 anos, diversos ajustes foram feitos, acompanhando a política nacional e estabilizando em conjunto com a economia, que após o plano real e diversas medidas alcançou um patamar diferente do que apresentado no momento em que a lei foi aprovada.

A consolidação do seguro desemprego deu-se principalmente neste século, quando a moeda adquiriu estabilidade e a política econômica evoluiu, possibilitando assim com que fosse possível equilibrar as contas públicas com os gastos com benefícios sociais, que mantém a maioria dos brasileiros em um patamar aceitável dentro das condições adequadas para vida.

Nesta situação, é necessário realizar mudanças todos os anos, sendo que diversas mudanças foram feitas, porém nada que seja prejudicial ao trabalhador, que é o principal alvo do benefício. O valor também será diferente do que o aplicado no ano anterior (o valor total é obtido após cálculo específico do Ministério do Trabalho).

Como faço para da entrada no seguro-desemprego?

Para solicitar o Seguro Desemprego é necessário acessar o site oficial do Ministério do Trabalho e clicar na aba específica, em que será preciso escolher o seu estado e cidade, para que assim a agenda seja aberta e o próprio trabalhador escolha uma data específica.

Com esse sistema tecnológico, as filas foram extintas e comumente todos que tem consulta agendada, são atendidos. Caso tenha marcado uma consulta e não possa comparecer, cancele anteriormente e facilite o trabalho do Ministério.

Como consultar o Seguro Desemprego na WEB?

Após ter o Seguro Desemprego aprovado, a maioria dos trabalhadores fica ansioso pelo momento em que receberão o valor, porém, novamente usando a tecnologia, não é necessário ir até a agência bancária para verificar se o valor já foi depositado na conta.
Acessando este link (https://sd.maisemprego.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf) é muito fácil para consultar o Seguro Desemprego, sendo que é preciso saber o número do PIS, que é um dos mais importantes para trabalhadores da iniciativa privada.

consulta seguro desemprego

Caso após fazer a consulta Seguro Desemprego e tenha constatado que o valor ainda não foi depositado e o prazo já tenha esgotado, entre em contato com o Ministério do Trabalho. Esse sistema é seguro e não permite que nenhuma movimentação financeira seja feita, servindo apenas para consulta.

Novas Regras

O Seguro Desemprego tem algumas regras bem específicas. Para que fique claro, vamos detalhar cada uma delas.

Quanto ao recebimento de salários, é necessário ter recebido pelo menos 12 meses em relação aos últimos 18. Em referência aos últimos 12 meses, é necessário ter recebido salário durante 9 deles. Além disso, é preciso ter recebido de forma ininterrupta os últimos 6 meses em relação a data de dispensa.

Essas novas regras fazem com que o trabalhador tenha que comprovar que realmente esteve envolvido por um período razoável dentro de seu último emprego, evitando assim fraudes e o forçamento de rescisão, prática que alguns funcionários tomavam, agindo de má fé e tentando ludibriar os seus patrões e o Governo Federal.

Parcelas e Valores

Em relação as parcelas, a nova lei é muito específica: “O benefício do seguro-desemprego será concedido ao trabalhador desempregado, por período máximo variável de 3 (três) a 5 (cinco) meses, de forma contínua ou alternada, a cada período aquisitivo, contados da data de dispensa que deu origem à última habilitação, cuja duração será definida pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat)”

Sendo assim, fica claro o período em que é possível estar recebendo o seguro desemprego. Em relação ao número de parcelas, o Governo Federal também instituiu algumas considerações.

O pagamento será de 4 parcelas caso o trabalhador tenha recebido entre 12 e 23 meses. Para 5 parcelas, o trabalhador deverá ter recebido no mínimo 24 meses. Essa regra apenas é aplicada para a primeira solicitação do direito social.

Quem buscar o seguro desemprego pela segunda vez, receberá 3 parcelas caso comprove recebimento entre 9 e 11 meses. 4 parcelas para aquelas que receberam entre 12 e 23 meses e finalmente 5 parcelas para quem comprovar recebimento por no mínimo 24 meses.

Na terceira solicitação do seguro desemprego, o trabalhador receberá 3 parcelas caso comprove entre 6 a 11 meses de salário (período anterior a demissão). 4 parcelas para quem comprove de 12 a 23 meses e 5 parcelas para período acima de 24 meses.

No caso de a demissão ter ocorrido no meio de um mês, conta-se mês inteiro para valores iguais ou superiores a 15 dias trabalhados.

Como fazer o agendamento do Seguro Desemprego?

No momento da demissão, todos os funcionários da iniciativa privada tem o direito de requisitar o Seguro Desemprego, que é um auxílio oferecido pelo Governo Federal, que fornece algumas parcelas de um valor estabelecido em cálculo específico para que as famílias consigam manter um padrão de vida estável enquanto fazem ajustes e enquanto o próprio trabalhador, agora desempregado, busca outras opções.

agendamento seguro desemprego

Para solicitar estes valores, é necessário comparecer em uma consulta no Ministério do Trabalho (explicaremos como agendar nos tópicos seguintes), em que deve-se levar todos os documentos importantes referentes ao vínculo empregatício, bem como os de identificação individual, para que assim seja possível fazer o cálculo e passar a ser um dos beneficiários do Seguro Desemprego.

Todo trabalhador pode solicitar o seguro por mais de uma vez, no entanto é importante ressaltar que é necessário ter um mínimo de tempo trabalhado para que os valores sejam disponibilizados. Para receber cinco parcelas, tempo máximo do Seguro Desemprego, são exigidos 24 ou mais meses trabalhados na mesma empresa.

Não é possível emendar mais de um benefício, ou seja, se o trabalhador esteja recebendo o Seguro Desemprego de cinco meses e neste tempo não consiga outro emprego, não será permitida a requisição de um novo benefício, pois o Governo Federal considera que o tempo disponibilizado é suficiente para que seja encontrada uma nova oportunidade de trabalho.

O tempo de serviço, que na maioria das vezes é associado à qualidade profissional e dedicação do funcionário, também é gratificada, sendo que quanto mais meses forem trabalhados, maior o número de parcelas. Três parcelas é o tempo mínimo, para quem comprovar 6 meses de serviço, enquanto cinco parcelas é o tempo máximo de recebimento, sendo que é necessário ter 24 ou mais meses de serviço, ou seja, no mínimo 2 anos no mesmo emprego.

Mas esta condição de tempo de serviço tem a ver com a quantidade de solicitação, se é a primeira, segunda ou terceira.

Agendar pela Internet

Pela internet é muito fácil de agendar Seguro Desemprego, bastando seguir até o site do Ministério do Trabalho e selecionar aba específica, de agendamento, fazendo um filtragem entre estado e município, até que chegue na sua cidade, em que será possível escolher um dia entre os disponíveis para a realização de uma consulta.

É muito importante já estar portando todos os documentos rescisórios e organizar o máximo de informações individuais possíveis, pois neste tipo de procedimento constantemente são exigidos alguns documentos bem específicos.

Agendar pelo Telefone

É possível ligar para alguma agencia do Ministério do Trabalho de sua cidade e pedir informações acerca do agendamento, no entanto os atendentes recomendarão que o acesso seja feito através do site oficial do órgão.

Caso você não tenha acesso a internet ou computador, busque a Prefeitura Municipal e peça ajuda para um funcionário público. Outra opção é pedir que algum parente use sua conexão para fazer o agendamento.

O sistema online foi implantado visando diminuir as filas e agilizar os atendimentos, sendo que uma demanda cabível de pessoas são direcionadas para cada dia, evitando também que cidadãos percam a viagem por falta de tempo hábil para seu atendimento. Caso não possa comparecer no dia agendado, faça o cancelamento, pois assim estará abrindo vaga para outro trabalhador.

Agendar no Ministério do Trabalho

Após o agendamento, durante a consulta, serão apresentados todos os documentos e o profissional analisará todo o caso, fazendo uma simulação com referência no valor recebido durante o tempo de serviço. O cálculo do valor da parcela não leva em conta a quantidade de vezes que ela será paga, ou seja, é um cálculo individual em relação ao salário declarado e ao tempo de serviço.

Todos os valores serão reajustados tendo em vista que diversos cortes e mudanças ocorrerão no Governo Federal.

Banco Pan Fatura

O Banco Panamericano, agora chamado de Banco Pan, foi fundado pelo apresentador Silvio Santos e mudou de novo com a estratégia de se tornar uma marca mais moderna e forte. Seu foco principal são os financiamentos, empréstimos e cartões, com tendência a ampliar ainda mais o seu mercado, já que agora o Banco também atua no setor imobiliário.

Sendo um dos bancos mais presentes nas principais cidades e capitais do país, ele atua principalmente no mercado de Crédito Pessoal, Financiamento de veículos, consórcio, crédito consignado, cartões de crédito, seguros, arrecadações de serviços de concessionárias e cobrança de títulos, entre outros.

Para quem é correntista do banco ou possui alguma ligação com o Banco Pan e que precise solicitar alguma fatura ou  boleto, ou até mesmo a 2 via do boleto de financiamento, o banco fornece esse serviço de forma online, que pode facilitar muito a sua vida e ajudá-lo de várias formas.

banco pan financiamento

Para solicitar qualquer boleto de financiamento, cartão, 2 via de boletos, continue lendo para saber mais informações sobre como tirar a segunda via de vários boletos do Banco Pan. Através do portal do Banco você consegue as seguintes informações:

  • 2 via da Fatura do Cartão Pan
  • 2 via do boleto de financiamento
  • Pelo telefone
  • Chat e atendimento online
  • Agências

 

Para simplificar o atendimento e facilitar a solução de alguns problemas para os seus clientes, o Banco  disponibiliza o serviço online para várias consultas e emissões de faturas e vários outros produtos.

Caso sua intenção seja solicitar uma 2 via do cartão Panamericano, de algum financiamento, ou Leasing, CDC, contrato, boleto de empréstimos e outras solicitações você pode seguir alguns passos simples.

Como Emitir a 2 via da Fatura do Seu Cartão Pan?

Para solicitar uma segunda via do seu cartão Pan (Visa, Master entre outros), ou até mesmo para consultar a sua fatura online, os passos são simples. Primeiramente tenha seu cartão de crédito em mãos e a senha de acesso. Se for o primeiro acesso é necessário cadastrar e cria uma senha.

Acesse o link: https://www.bancopan.com.br/servicos/Paginas/default.aspx?id=1  e escolha a opção Cartões de Crédito (Conforme a imagem abaixo):

fatura do cartão pan mastercard

Nela você terá duas opções, escolher entrar no Web Banking, para gerar a sua fatura, consultar pontos e outros serviços, ou baixar o APP para o Android ou IOS. Se você escolher “Acessar o Web Banking” irá abrir uma página que pedirá para logar ou fazer um cadastro. Caso não tenha clique em ” Cadastrar” e preencha os dados que solicita como Email e Senha.

Depois do cadastro realizado, para receber a senha de acesso e emitir a 2 via do Banco Pan boleto do cartão Panamericano basta clicar na opção de “Solicitar 2 via Boleto Cartão Panamericano”.

banco pan boleto

Pelo site do Panamericano, preenchendo os campos de número do cartão e a senha, além do código de verificação, é possível consultar o seu extrato de cartão e também imprimir uma 2 via de boleto. Os boletos impressos, inclusive segunda via podem ser pagos em qualquer agencia bancária ou casa lotérica. É valido lembrar que o boleto de segunda via deve ser pago no mesmo dia da emissão. Isso porque o boleto é atualizado automaticamente, e então a data de vencimento é remarcada para o dia da solicitação e emissão do novo boleto.

Nessa mesma página existem solicitações para vários outros serviços, como emissão de vias de boletos e faturas de financiamentos todos disponibilizados através do portal do Banco Panamericano.

Como fazer um financiamento de veículo?

Se você deseja realizar seu sonho de comprar um veículo e precisa de financiamento para isso, o Banco Pan conta com uma linha de crédito muito interessante. Para fazer a simulação terá que ir a um parceiro do Banco na sua cidade, consulte aqui no site .

banco pan financiamento

 

Agora a próxima etapa é levar toda a documentação no parceiro, eles são: CPF, RG, comprovante de residência e comprovante de Renda. Não esqueça de levar os originais e os comprovantes do mês anterior. Uma dica, observe seu RG se não passou de 10 anos da data de emissão, se já passou, você vai ter que emitir um novo.

Após uma criteriosa analise financeira, o agente vai entrar em contato para dizer se o financiamento foi aprovado ou não. Se for positivo, você irá assinar o contrato junto ao parceiro. Depois disso é sair com o seu novo carro.

Como solicito uma 2ª via do boleto do meu Financiamento PAN?

Se por algum motivo você não conseguiu pagar o boleto ou perdeu, não se preocupe é só entrar nesse link , colocar seu CPF e Data de nascimento, e escolher o contrato desejado. Depois, escolha a parcela que irás pagar e clique em Gerar. Pronto você poderá imprimir e pagar em qualquer lugar que desejar.

Como refinanciar um veículo pelo Banco PanAmericano?

Se você se apertou financeiramente e precisa refinanciar seu carro, o Banco Pan oferece a opção de Renegociar as suas dividas, para isso é só clicar aqui (https://renegocie.bancopan.com.br/renegociacao?utm_source=servicosveiculos&utm_medium=interno) , colocar seu cpf e email cadastrados no WEB Banking, vá em renegociação e escolha a melhor opção que caíba no seu bolso. Eles possuem opções de desconto e parcelamento em até 12x (sujeito a analise).

Qual o número do telefone do banco Pan?

Cartões

Além dos telefones já mencionados você consegue se comunicar caso esteja fora do Brasil: 55 11 4003 0101. E para consultas em cobradoras o telefone é 0800 774 3220 ou 4224 0700 caso a dívida seja no máximo 67 dias e nos telefones 0800 775 3227 ou 4224 0800 se a dívida for mais longa.

Financeiras, consórcios e seguros

4002 1687 para regiões metropolitanas e 0800 775 8686 para outras localidades.

Investimentos

0800 775 8585

Atendimento online pelo chat

Para conversar com um atendente pela internet acesse

link: http://www9.directtalk.com.br/clientes/custom/panamericano/init.html. Eles tiram dúvidas e solicitam alguns serviços.

Consultar CPF pelo nome

Consultar CPF pelo nome

O número de CPF é muito importante para o cidadão, sendo necessário sua utilização em diferentes momentos da vida. Sem ele, a pessoa fica praticamente sem identificação e impossibilitada de fazer muitas coisas como por exemplo, abrir contas em bancos ou prestar concursos públicos. Além disso, para empresas atestarem o bom crédito de possíveis clientes, é possível ter acesso a ele também, sendo assim uma grande fonte de informações sobre débitos. Mas, em alguns momentos nós nos deparamos sem conseguir descobrir um número de CPF e por isso, vamos explicar como ele pode ser feita a consultar CPF pelo nome.

consultar cpf pelo nome

 

O que é o CPF

CPF significa Cadastro de Pessoa Física, um documento que é registrado pela Receita Federal. O CPF é necessário para efetuar diversos cadastros durante toda a vida, mas principalmente, para a declaração do Imposto de Renda. Além disso, é necessário para prestar concursos públicos, matricular-se em universidade, fazer cadastro em lojas, contratar alguns serviços, abrir uma conta em banco, pedir um cartão de crédito, etc.

Todo cidadão tem um número de CPF, só assim ele possui uma identificação perante muitos serviços e entidades.

Como fazer CPF

Antigamente, o CPF era um cartão azul, mas ele, foi tirado de circulação. Agora, o CPF pode ser impresso da sua casa mesmo e sua solicitação é feita através da internet.

O CPF pode ser feito por pessoas menores e maiores de idade e também brasileiros que moram fora do país.

 

Consultar CPF pelo nome

Só existem duas formas de consultar CPF pelo nome de alguém. A primeira acontece quando empresas que possuem convênios com empresas de crédito podem realizar essa pesquisa mas sem repassar aos consumidores. Ele é exclusivo para fazer análise de crédito de alguém, para empresas que trabalham com isso. Nessa consulta, é informado o nome da pessoa que deseja descobrir o CPF. O nome precisa estar escrito corretamente para dar certo. A consulta vai oferecer o numero do CPF, o nome da mãe e data de nascimento. Mas não vai mostrar endereço, telefone, etc. Ela serve somente para informar o CPF para que a empresa possa pesquisar e fazer a análise de crédito.

E se você for um consumidor, só pode fazer a consulta do próprio CPF na Receita Federal ou de outra pessoa também pelo nome se você for seu representante legal, judicial ou procurador da mesma. Para isso, é necessário ir também a uma agência da Receita Federal.

Caso de perdas ou roubos

Às vezes surgem imprevistos e a gente acaba perdendo o CPF, deixando cair e não vendo ou até pior, tendo a bolsa roubada e perdendo todos os documentos. Se alguma dessas coisas aconteceu com você, é permitido que consulte o número do seu documento na delegacia, no mesmo momento que for realizar o boletim de ocorrência da perda do mesmo.

Se você somente perdeu, vá até a Receita Federal e informe o ocorrido, levando também outros documentos de identificação seus para que eles informem para você o número do seu documento. Depois disso, não esqueça de solicitar a sua 2ª via, é muito importante você sempre ter o CPF com você.

consultar cpf pelo nome e data de nascimento

Consultar CPF pela internet

Hoje em dia é permitido também, assim como solicitar um CPF pela internet, fazer a consulta do mesmo. Se você tem o numero do documento, pode realiza-la através do site da Receira Federal. Para isso, é necessário ter também a data de nascimento do titular do CPF.

Além disso, no site do SerasaConsumidor é possível consultar seu próprio CPF e checar Serasa, Score e se existem débitos em seu nome. Assim fica muito mais fácil, já que você não precisa ir até uma agência para obter essas informações.

A segunda via do CPF também pode ser solicitada pela internet, é fácil, rápido e você imprime de casa mesmo. Todos os cidadãos podem solicitar, mas existem duas formas diferentes, uma para quem já declarou Imposto de Renda nos últimos dois anos e outra para quem não declaro, sendo essa última mais fácil de realizar.

Agora, para consultar o CPF de outras pessoas, é preciso fazer isso indo até os Correios. Você pode descobrir dividas, cheques e outras restrições. Para isso é necessário o número do CPF e os seus documentos.

Na internet, existem alguns sites que dizem que pesquisem o CPF apenas pelo nome de alguém, mas além dessa prática ser ilegal para cidadãos não autorizados, normalmente é uma fraude. Por isso, se você for uma empresa e precisar de um CPF, contrate uma outra empresa especializada nisso. Se você for um cidadão, avalie se a sua necessidade é cabível e converse com o titutal do número do documento que você precisa.

É interessante que desde cedo seja feito o CPF, ainda quando adolescente, para que sempre que for necessário, ter o documento em mãos.

Consultar CPF pelo nome e data de nascimento