Limpar Nome

Nosso nome é o que temos de mais valioso. Ele transmite credibilidade para que se possa contar uma história, por exemplo, ou ainda adquirir produtos e serviços dos mais variados, como eletrodomésticos, iniciar cursos particulares ou ainda contratos de alugueis. E como proceder quando essa credibilidade é afetada por algo como pagamento de contas, por exemplo? Como fazer para Limpar Nome?

limpar nome

As contas mensais, como água, luz e telefone, são um bom exemplo de dividas que podem sujar o nome de uma pessoa. E com o nome sujo, é praticamente impossível realizar compras em quase todos os estabelecimentos comerciais do país. Isso se deve ao Serviço de Proteção ao Crédito, também conhecido como SPC, que é basicamente um banco de dados público que guarda informações básicas sobre cada consumidor brasileiro, para que empresas e estabelecimentos comerciais possam fazer uma análise rápida do possível cliente, facilitando assim a liberação de crédito para novas compras.

Outro fator que pode influenciar na hora de fazer uma nova conta é o Serasa, que também é um banco de dados de caráter público, mas que guarda dados referentes a contas e procedimentos bancários, além de empresas especificas, criando assim uma rede de informações segura sobre as atividades bancárias do cliente.
E para que seu nome seja incluso no banco de dados do SPC ou Serasa, basta que você deixe de pagar ou seja inadimplente com dividas provenientes de relações comerciais de consumo, que sejam provenientes de contratos, compras, títulos executivos, como cheques, notas promissórias, duplicatas, entre outros.

limpar nome cpf

Como limpar nome

Para limpar o seu nome, ou seja, retirar seu nome do banco de dados tanto do Serviço de Proteção ao Crédito quanto do Serasa, a principal dica é que você pague a dívida que esteja atrasada ou vencida. Para isso, você deve fazer um balanço de suas contas e também de suas finanças, para que possa saber se pode arcar com a dívida.

Mesmo que a única maneira de sair do SPC seja através do pagamento da dívida, existem algumas possibilidades para o quitamento da mesma sem que o devedor precise desembolsar o dinheiro imediatamente.

Consultar nome no SPC

Para saber se o seu nome está incluso no SPC , você pode fazer uma consulta no site (https://www.serasaconsumidor.com.br/limpa-nome-online/).
Informe seu CPF, nome completo, data de nascimento, número de telefone, e-mail, nome da mãe e crie uma senha. O Serasa tem até 72 horas para validar seu cadastro.

Consulte seu CPF – Clique aqui e veja como, para saber exatamente onde você está devendo.

Negocie a dívida, existem empresas que negociam online, porém ela deve ser participante do Serasa limpar nome. Agora é só pagar a dívida.

Se a empresa não for participante, você deve negociar diretamente com eles.
Algumas empresas participantes: Bradesco, Cartão Americanas, Cartão Extra, Cartão Marisa, Cartão Ponto Frio, Cartões American Express, Hipercard, Itaucard, Losango, Luizacred, Banco Santander, Banco Itaú, Caixa Econômica Federal, Oi, TIM, SKY, BV Financeira, Koerich e Pernambucanas.

Confira uma lista que pode ajudar você a começar a negociar sua dívida.
• Liste o que você está devendo, como cheques, cartões, boletos, empréstimos e etc.
• Faça um orçamento mensal na sua conta bancaria.
• Faça cortes no seu orçamento, conte com a ajuda da família.
• Gere uma renda extra como vender doces, artesanato, revendedora de cosméticos e etc.
• Venda seus itens que não são mais utilizados, como roupas, sapatos, instrumentos musicais, objetos eletrônicos e etc.
• Estabeleça um limite de quantos você pode pagar, negocie o valor total para conseguir desconto.
• Se o dono da dívida falecer, os parentes mais próximos como filhos é que terão que assumir.

CPF Receita Federal

O CPF Receita Federal é um documento muito utilizado pelos brasileiros, sendo o mais pedido para identificação dos cidadãos. Ele é necessário para cadastrar-se em lojas, prestar concursos públicos, fazer cartões de crédito e até solicitar financiamentos no banco. Vamos ver abaixo como solicitar o seu e quais os documentos necessários.

receita federal cpf cnpj

O que é o CPF?

O Cadastro de Pessoas Físicas e é o número que identifica você na Receita Federal. É esse órgão que gerencia um banco de dados com todas as informações das pessoas que possuem CPF Receita Federal e que podem ser consultadas através desse número.
Com esse Cadastro é possível também verificar sua situação de débito com alguma empresa, se houver, e por isso, ele é solicitado em diversos lugares para abrir cadastros, fazer cartões de créditos, abrir contas em bancos e até fazer concursos públicos.

Quem pode solicitar um CPF?

Todo brasileiro ou estrangeiro que mora aqui no país pode solicitar um CPF Receita Federal. Além disso, não existe uma idade mínima para solicitar o documento, pessoas de qualquer idade podem pedir.
Mas lembre-se: cada cidadão poder ter apenas um número de CPF, solicitar mais de um não é permitido.
Quando for menor de 16 anos, o CPF deve ser solicitado pelos pais ou responsáveis. Já para os maiores de 16 anos, somente o titular ou um representante legal pode fazer a solicitação.
Se a pessoa está interditada ou incapaz, o cadastro de pessoa fisíca deve ser solicitado por um tutor ou curador. Ainda, uma pessoa falecida que possuis bens a inventariar precisa ter seu CPF solicitado por um cônjuge ou sucessor, agora, se não tem bens, pode ser solicitado por qualquer parente.

Consultar CPF Receita Federal

Onde fazer o CPF?

Aquele cartão azul, usando antigamente para portar o seu CPF, não existe mais. Agora, você pede ele pela internet e imprimi da própria casa ou anexa ele em outros documentos, como identidade ou carteira de motorista.

Todos os cidadãos, tanto maiores quanto menores de idade, podem solicitar um número de CPF, inclusive quem esteja morando fora do país.

A solicitação do CPF pode ser feita por dois meios, presencialmente ou pela internet. Presencialmente, você pode comparecer a uma agência do Banco do Brasil, da Caixa Econômica, nos correios ou em uma entidade conveniada. Quem mora no exterior, deve fazer o pedido na embaixada do consulado brasileiro. O segundo meio para solicitar é através da internet, mas nesse caso é obrigatório possuir Título de Eleitor.
Quais os documentos necessários para solicitar o Cadastro de Pessoa Fisíca?

Para cada um dos meios citados acima existem documentos diferentes que precisam ser apresentados.

Quando você for solicitar presencialmente dentro do país, é necessário levar documento de identidade com foto e Título de Eleitor ou protocolo de inscrição fornecido pela Justiça Eleitoral. Quando for menor de 16 anos, é necessário além do documento de identidade, o documento de identificação também dos pais e um documento judicial que comprove a tutela da pessoa, caso não sejam os pais. Agora, quando for um procurador para fazer a solicitação, o mesmo deve levar todos os documentos acima conforme o caso, mais seus documentos de identificação, um outro que comprove o seu e por fim, o instrumento público de procuração com firma reconhecida.
Agora, na hora de solicitar nas embaixadas ou consulados brasileiros no exterior os documentos são iguais aos citados acima, de acordo com cada caso. Mas, além desses, é necessário também levar um formulário que você encontra no site da Receita Federal, impresso e preenchido e entrega-lo junto com seus documentos na representação diplomática brasileira do país que reside.

Por fim, pela internet, na comodidade da sua casa, o CPF pode ser solicitado através do site da Receita Federal. Nesse caso é necessário possuir Título de Eleitor, para os maiores de 16 anos.
Como fazer para se cadastrar pela internet?

Com os milhares de sites sem credibilidade que existem na internet, é importante você saber exatamente onde ir na hora de fazer o seu. A solicitação do documento só acontece pelo site da Receita Federal.

Abaixo, você poderá acompanhar passo a passo como fazer a sua inscrição com segurança e rapidez.

Para começar, você precisa entrar no site da Receita Federal e clicar na aba superior onde está escrito Serviços. Depois de clicar, você vai acessar o link onde está escrito CPF e lá, irão aparecer muitas opções relacionadas ao assunto. Você pode solicitar pela primeira vez, pedir alteração de endereço, acompanhar seu cadastro, etc.

Como Regularizar o CPF

Acompanhar a inscrição do CPF – Imprimir e Consultar

Quando você fizer a solicitação presencialmente, receberá um protocolo com o código do seu atendimento. Com ele, você pode acompanhar o processo de cadastramento do CPF Receita Federal imprimir – como Imprimir CPF =  na internet e fazer a impressão em casa. Esse acompanhamento é realizado no site da Receita Federal que pode ser acessado por esse link: http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/ATCTA/CPF/ConsultaAndamento.asp
Quando você solicitou pela internet, também pode fazer esse acompanhamento através do link acima.

Conclusão – Como consultar o CPF receita federal

O governo trouxe muitas facilidades ao disponibilizar a solicitação de alguns documentos pela internet, como o CPF. Se sua rotina é corrida e você prefere evitar as filas, faça a solicitação do seu pela internet com as dicas dadas acima. Agora, se você prefere fazer o cadastro pessoalmente, dirija-se até uma agência autorizada.

Cadastrar CPF

Cadastrar CPF

O Cadastro de Pessoas Físicas é um documento que identifica o cidadão brasileiro e é também como um banco de dados que guarda todas as informações cadastrais de seus contribuintes e das pessoas que se inscrevem voluntariamente. Ele é muito utilizado em diversas situações do dia a dia e é muito importante que todo cidadão tente cadastrar cpf.

cadastrar CPF

Antigamente, para criar seu Cadastro de Pessoa Física, era necessário ir até a Receita Federal e agências bancárias como Caixa Econômica e Banco do Brasil. Hoje em dia ele ainda pode ser solicitado nesses locais, mas também pode ser pedido pela internet.

Dessa forma, você pode fazer a solicitação do documento da sua própria casa, na hora que quiser e nem precisa ir até uma outra instituição para busca-lo, ele pode ser impresso direto de onde você estiver.

 

Quando fazer o CPF

O documento pode ser solicitado por qualquer pessoa e é muito importante que todo mundo tenha, já que ele é pedido em diversos momentos da vida e que podem atrapalhar se você não possuir um. Por exemplo, para fazer financiamentos em bancos, abrir contas em lojas, criar cartões de créditos, prestar concursos públicos e ter acesso se você possui algum débito no seu nome.

Mas, a grande maioria das pessoas é obrigada a possuir esse documento. Vamos ver abaixo quem deve fazer um CPF.

– Pessoas com mais de 18 anos que constarem como dependentes em Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda e Pessoa Física;

– Pessoas sujeitas à apresentação de declaração de rendimentos;

– Inventariantes, cônjuges ou conviventes, sucessores a qualquer título ou representantes do falecido que tenham a obrigação de apresentar a DIRPF em nome do espólio ou do contribuinte falecido;

– Pessoas cujos rendimentos estejam sujeitos ao desconto do imposto na fonte ou estejam obrigadas ao pagamento do imposto;

– Profissionais liberais, entendidos como aqueles que exerçam, sem vínculo de emprego, atividades que os sujeitem a registro em órgão de fiscalização profissional

-Pessoas locadoras de bens imóveis;

– Pessoas participantes de operações imobiliárias;

– Pessoas obrigadas a reter imposto na fonte;

– Titulares de contas bancárias, de contas de poupança ou de aplicações financeiras;

– Pessoas que operam em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

– Pessoas inscritas como contribuinte individual ou requerentes de benefícios de qualquer espécie no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);

– Residentes no exterior que possuam no Brasil bens ou direitos sujeitos a registro público;

– Pessoas que solicitarem Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

cadastrar cpf

Quem pode tirar o CPF?

Agora que já sabemos quem precisa tirar o CPF, vamos descobrir quem pode tirar. Basicamente, qualquer brasileiro de qualquer idade (inclusive que moram fora do país) podem solicitar o documento. Mas lembre-se: só é permitido um CPF por cidadão.

Para os menores de 16 anos, quem deve fazer a solicitação são os pais ou responsáveis. Já quando o cidadão é considerado incapaz ou interditado, quem deve solicitar é um tutor ou curador legal.

Quem estiver entre 16 18 anos pode fazer a solicitação através dos pais e representantes legais ou o próprio cidadão. Acima de 18 anos e menor de 70 anos é necessário que a própria pessoa faça, a não ser em situações como incapacidade, já citada acima. Os maiores de 70 anos seguem a mesma regra das pessoas que estão entre 16 e 18 anos, podendo fazer o pedido tanto o titular quanto um representante legal.

Por fim, para solicitar Cadastrar CPF de uma pessoa já falecida, existem dois casos: se possui bens a inventariar é necessário que a solicitação seja feita por um herdeiro ou cônjuge. Se não possui bens a inventariar pode ser solicitada por qualquer parente.

Documentos necessários para Recadastrar CPF

Cada caso citado acima necessita de documentos específicos. Para quem é incapaz ou interditado, é necessário levar documento de identidade do titular, documento do representante e um documento de procuração particular com firma reconhecida.

Para quem está entre os 16 e 18 anos, é necessário levar documento de identidade, título de eleitor (se já tiver), e se for solicitado pelos pais ou representantes legais, deve levar também o documento que comprove o parentesco ou a própria procuração.

Maiores de 18 anos precisam levar documento de identidade e título de eleitor. Quando se trata de brasileiros que moram no exterior, além dos documentos citados acima de acordo com cada caso, é necessário levar também uma ficha que pode ser retirada no site da Receita Federal, impressa e preenchida até o consulado ou embaixada brasileira da cidade que você mora.

Quando você vai solicitar o documento de alguém já falecido, é necessário levar a certidão de óbito, um documento de identificação do falecido e documento também de identificação de quem está fazendo a solicitação.

cpf

Quanto custa para cadastrar

Normalmente é cobrada uma taxa de serviço para se inscrever no Cadastro de Pessoa Física, sendo ela em torno de R$5,50. Mas, assim como na internet, algumas entidades públicas realizam o atendimento gratuitamente.

Agora você já sabe como cadastrar CPF. Por isso, aproveite que já está na internet e faça a solicitação do seu no site da Receita Federal. É fácil, rápido e você vai poder imprimir da sua própria casa. Quanto mais cedo você fizer o CPF, mais rápido poderá usufruir dos benefícios que ele traz. Se você já tem e quer saber como Consultar o seu CPF – Clique aqui.